PRINCIPAIS DEFEITOS FUNCIONAIS FLEXÍVEIS

A durabilidade de uma rodovia está ligada a três grandes pilares: elaboração de um bom projeto, que especifique as camadas do pavimento de acordo com as condições do local e volume de tráfego; execução satisfatória das obras, com monitoramento adequado da qualidade dos serviços e materiais utilizados; manutenção preventiva e corretiva do pavimento.

Falhas em cada uma dessas etapas podem resultar em defeitos prematuros nas rodovias, ocasionando as patologias dos pavimentos asfálticos. As detecções dessas patologias podem ser realizadas por metodologias visuais ou automatizadas (laser). Os principais tipos de patologia no asfalto podem ser classificados, de forma geral, em trincamentos, fissuras, exsudação, desagregação, deformações, panelas e remendos. Veja a seguir quais são elas.

  • Exsudação de asfalto
  • Subida de finos
  • Desgaste
  • Escorregamento do revestimento betuminoso
  • Fendas ou fendilhamento: fissura e trinca
  • Peladas
  • Defeitos estruturais
  • Afundamento Corrugações ou ondulações
  • Rodeiras ou trilhas de rodas
  • Degradação devido à sobrecarga de veículos

PRINCIPAIS DEFEITOS FUNCIONAIS RÍGIDOS

Principais patologias encontradas em pavimentos rígidos A Pavimentação Rígida submetida à constante uso no decorrer do tempo desenvolve patologias o que já se é esperado pelo desgaste e fadiga do material. Não dada à devida atenção a manutenção rotineira que ele exige este tipo de pavimento estas patologias são agravadas o que gera novas patologias cada vez mais severas, As principaispatologias encontradas em pavimentos rígidos são:

  • Fissuras de Canto – “Diamond cracking”
  • Fissuras Lineares
  • Fissuras em Feixes / Fissuras Transversais
  • Fissuras Longitudinais
  • Fissuras diagonais
  • Fissuras não direcionadas
  • Fissuras Transversais
  • Placa Dividida / Fissuras em Mapas ou Carcaça de Tartaruga

Saiba mais acessando os links:

https://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Principais-Patologias-No-Pavimento-Rigido/73142884.html